top of page

Por que junho é o mês do Orgulho LGBTQIA+?

por Tavi Moura, via Plantão Enfoco

Algumas pessoas devem se perguntar o por quê de junho ser mês do orgulho LGBTQIA+, e um fator crucial, são as manifestações que aconteceram em 1969 nos Estados Unidos, durante o mês de junho que marcou o movimento LGBT.

Para começarmos, de acordo com pesquisadores, em 28 de junho de 1969, aconteceu a Rebelião de Stonewall, essa ação foi marcada por uma série de manifestações violentas e espontâneas de pessoas LGBTQIA+ contra a polícia em Nova York.

A invasão que motivou os confrotnos aconteceu no bar Stonewall Inn, no bairro Greenwich Village, em Manhattan, em Nova York, nos Estados Unidos. Toda a agitação foi considerada como um dos eventos mais importantes que levou ao movimento moderno da libertação gay e a luta pelos direitos LGBT’s no país.

A tensão entre a polícia e os gays que moravam no bairro acarretaram ainda mais em protestos que seguiram na noite posterior, e em várias noites consecutivas. Em semanas, os residentes de Greenwich Village organizaram grupos ativistas para concentrar todas as forças em estabelecimentos, em que gays e lésbicas pudessem frequentar sem medo de serem presos.

Após esses motins de Stonewall, foram fundadas várias organizações de direitos homossexuais ao redor dos Estados Unidos e no resto do mundo. Já no ano seguinte, em 28 de junho 1970, aconteciam as primeiras paradas do orgulho gay, que ocorreram em Nova York, Los Angeles, São Francisco e Chicago, em comemoração ao aniversário dos motins.

Atualmente, as paradas LGBTQIA+ são realizadas anualmente ao redor do mundo como forma de comemorar as conquistas feitas em Stonewall. No Brasil, a parada do orgulho LGBTQIA+ de São Paulo foi nomeada a maior parada do mundo pelo Guinness World Records.

Mensagens comemorativas ao mês de orgulho LGBT foram estampadas da zona sul à zona oeste do Rio de Janeiro. Foto: Rafael Catarcione/Riotur

Em comemoração, postos de salvamento na orla da Zona Sul do Rio receberam painéis com as palavras respeito, liberdade, amor, igualdade, afeto, vida e orgulho, e as cores da bandeira do Orgulho LGBTQIA+ estampam os postos. Além disso, entre os dias 25 e 28 de junho, os Arcos da Lapa e a Cidade das Artes, serão iluminadas, das 18h à 1h, com as cores da bandeira.

0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page