top of page

O voluntário como agente de transformação da sociedade. Artigo de Roberto Ravagnani

por Roberto Ravagnani, via Carta Campinas

A vontade de mudar o mundo, de resolver todos os problemas da sociedade atual, diminuir o degrau social, salvar os “pobres” e “excluídos”, são alguns de nossos desejos íntimos, que nem sempre verbalizamos em público.

Desejos que costumamos deixar recrudescidos por tempos em nós, mas em um tempo qualquer esta vontade, vem à tona e se torna realidade. Assim conseguimos sentir, pois o trabalho voluntário traz uma sensação real, física, do poder de transformação que o trabalho voluntário traz para nós em primeiro lugar.

Tem que ser assim, qualquer processo de mudança, deve ser iniciado pelo ser humano, para que assim outros processos de mudança possam ser iniciados.

Portanto o foco é a pessoa, sempre é, aqui no trabalho voluntario ou qualquer outro o ser humano deve ser o foco, grande parte das atividades do trabalho voluntario são destinados para a melhoria das condições das pessoas, direta ou indiretamente.

Portanto, em primeiro lugar o trabalho voluntario é uma ferramenta de transformação pessoal e isso eu reputo o maior ganho ou a maior qualidade do trabalho voluntario, aprendizado para nossa transformação assim conseguimos interagir com a sociedade e promover mudanças conceituais no entorno de onde atuamos diretamente.

1 visualização0 comentário

Comentários


bottom of page