top of page

Brasil concederá vistos humanitários a refugiados ucranianos

Requerentes têm até 31 de agosto para solicitar os visto

por Camilo Rocha e Jaide Garcia, extraído da CNN

O presidente Jair Bolsonaro (PL) assinou uma ordem executiva, na quinta-feira (3), permitindo que cidadãos ucranianos e apátridas deslocados pela guerra na Ucrânia vivam e trabalhem no Brasil com visto humanitário.

Os requerentes devem obter um visto temporário de 180 dias dentro de 90 dias da chegada, que será elegível para extensão para um visto de residência temporária por até dois anos, após o qual os requerentes poderão solicitar a residência permanente.

Os requerentes têm até 31 de agosto para solicitar os vistos, afirma a ordem.

Posição “neutra” do Brasil: desde o início da guerra na Ucrânia, Bolsonaro evitou condenar ou sancionar a Rússia, dizendo que o Brasil estava adotando uma postura “neutra”.

Ele argumentou que as sanções também afetariam a economia brasileira, ressaltando que a agricultura do país depende de fertilizantes russos.

Durante uma transmissão ao vivo semanal nas redes sociais na quinta-feira, Bolsonaro disse: “O Brasil permanece em uma posição equilibrada e não temos capacidade de resolver esse problema”.

Imagem principal: Mulheres caminham em meio a destroços de prédios residenciais destruídos por bombardeio durante invasão da Ucrânia pela Rússia. Créditos: Reuters/Viacheslav Ratynskyi

0 visualização0 comentário

Comentários


bottom of page